Carregando

Primeiro Grupo de Apoio ao TDAH 2014

O primeiro Grupo de Apoio ao TDAH ocorreu em um ambiente harmonioso e tranquilo!

Estiveram presentes portadores, familiares e profissionais da área (total de 15 pessoas).

Realizei uma breve contextualização sobre o neurodesenvolvimento infantil desde a formação do sistema nervoso central ao nascimento. Sob esse aspecto, destaca-se como relevante, a prematuridade como gênese para o TDAH, quando não existe claramente um padrão genético familiar.

Devemos pensar que um bebê que nasce antes das 40 semanas de gestação terá o período de maturação do SNC fora da proteção do útero materno. Estará exposto aos diversos estressores do ambiente da UTI, tais como a luminosidade, ruídos, dor, frio, calor, medicamentos, punções venosas e arteriais entre outros. Lembrem-se das circunvoluções do cérebro (os giros) concluirão o seu desenvolvimento nesse ambiente adverso.

Algumas pessoas relataram o quanto é importante conhecer sobre o TDAH, pois somente dessa forma saberão como lidar com os pensamentos acelerados e muitas vezes distorcidos da realidade. Procuram detectar se determinado sentimento está relacionada ao sintoma do TDAH ou se aquele sentimento não se aplica à circunstância vivenciada. A partir daí estabelecem uma estratégia de como modificar assertivamente a sua atitude!

Um dos participantes descreveu que desenvolveu a técnica para controlar a sua impulsividade nos negócios ao escrever tudo o que pensa sobre o assunto que será abordado, antes de se encontrar com quem está a negociar. Percebeu o quanto o PARAR, PENSAR, ESCREVER, PLANEJAR, DECIDIR e REALIZAR são etapas FUNDAMENTAIS para o controle das decisões impulsivas.

Tivemos a participação de uma Pós graduanda em Parapsicologia. Ela nos disse como é a formação da personalidade do indivíduo e como entender a interface do transtorno na visão parapsicológica. Tal assunto é tema do trabalho que está desenvolvendo para a conclusão do seu curso, previsto para 2015.

Pude também observar o quanto as pessoas que convivem com os portadores ficaram felizes com as informações ali ouvidas.

Espero que possamos dar continuidade a esse trabalho de AMOR ao próximo durante todo esse ano!

O Grupo de Apoio é uma ferramenta poderosíssima para recarregar as nossas baterias e ver o quanto não estamos sozinhos nessa luta!

Conto com vocês no próximo encontro previsto para Abril 2014.

Enviem as ideias para que possamos desenvolver em cada Grupo.

Agradeço à doação dos materiais escolares e alimentos. Os mesmos serão destinados à instituição de Assistência Social.

Valéria Modesto